O score de fraude é uma valiosa informação que traz segurança na hora de concluir uma transação e evitar transtornos e prejuízo.

O que é um score?

Qualquer tipo de score nada mais é que um número que “classifica” alguém ou algo sobre alguma característica. Um bom exemplo é um score de crédito, que avalia o quão bom pagador é uma determinada pessoa, e diversas instituições financeiras como empresas de cartão de crédito ou empréstimos utilizam esse score para decidir se vão oferecer uma linha de crédito baseado nesse indicador de risco.

E o que fraude tem a ver com isso?

O mesmo paralelo pode ser feito quando o indicador é a chance de fraude, que aumenta à medida que a probabilidade de uma pessoa estar aplicando um golpe sobe. E essa informação é muito importante para a tomada de decisão de aprovar ou não uma transação em seu e-commerce.

Um exemplo de como esse score é classificado pode ser visto em como o AutentiScore divide os grupos de risco:

Como funciona o score de fraude?

Como é calculado o score de fraude?

O score de fraude é calculado através de um algoritmo que analisa diversas informações providas pela própria pessoa que está tentando fazer alguma compra no site da loja e após essa análise de dados retorna um número que é o score de fraude. É muito vago falar que é um algoritmo né? Então vamos trazer mais uma vez o exemplo de como a Autentify analisa os dados e como essas ferramentas funcionam:

  • Endereço de IP
    Cada computador ao acessar a internet conta com um número chamado de IP que o torna único, e ao avaliar alguns tipos de atividade online, como contas de login, tráfego de afiliados ou instalações incentivadas, um endereço IP é tudo o que você tem. Nesses casos, a pontuação de risco de IP permite que você verifique e detecte atividades indesejadas.
  • Dados de rede
    Podemos descobrir muito sobre uma pessoa ao analisar de onde ela está acessando o site, se é de um wi-fi residencial ou público e até se ela usa algum tipo de filtro para mascarar sua identidade (como filtro VPN, provedor de hospedagem ou uso de nó com saída Tor.)
  • Geolocalização
    Sabendo de onde fisicamente a pessoa está fazendo a transação é possível estimar a distância dela até o CEP de entrega que ela informou além de levantar alguns alertas quanto a horário de acesso, nível de confiança do país, estado e até cidade.
  • ID do dispositivo
    O ID do dispositivo é usado para identificar os dispositivos conforme eles se movem pelas redes e aumenta a capacidade de detectar fraudes. Se um fraudador alterar os proxies durante a navegação em seu site ou entre as visitas ao seu site, você poderá notar um aumento na pontuação de risco associada às transações geradas pelo AutentiScore.

Combata a fraude sem atrito

Algo muito importante na avaliação de risco de fraude é não impactar a experiência do usuário. Como a o algoritmo antifraude da Autentify age em questão de segundos e só necessita de informações já cadastradas e outras capturadas automaticamente do computador do usuário, não existe atrito que possa causar constrangimento ou atrasar o processo de compra no site.

Gostaria de mais detalhes das soluções Autentify?

Explore nossas soluções ou crie uma conta em instantes para começar a detectar fraudes. Você também pode falar conosco sobre seus desafios frente a fraude.

Fale com um especialista