Nos dias de hoje, comprar online deixou de ser um luxo e passou a ser a realidade de milhões de brasileiros, seja pela comodidade, variedade ou até pelo preço mais atrativo. Então caso você já tenha uma empresa física e deseja entrar nesse ramo ou quer começar seu negócio diretamente no e-commerce, esse artigo é para você, venha aprender a começar seu e-commerce do zero!

Como começar seu e-commerce do zero?

Quais as vantagens de abrir um e-commerce?

  • Custo menor – Não ter que se preocupar com aluguel de local físico, conta de água, energia e outros encargos de um estabelecimento físico
  • Maior praticidade para os clientes – Nada melhor que fazer compras do conforto de sua própria casa, certo?
  • Sem limites geográficos – O e-commerce é uma solução que permite que sua marca atinja o Brasil inteiro por meio da internet.

Primeiros passos para começar seu e-commerce do zero

Esta matéria tem como objetivo não somente orientar você, empreendedor, a dar os primeiros passos rumo ao seu próprio e-commerce, como também oferece uma série de dicas valiosas que te pouparão tempo e dinheiro ao começar seu e-commerce do zero.

Passo 1 – Registre seu domínio na internet

O que é domínio? Nada mais é do que o nome do seu site, algo extremamente importante pois é com ele que os clientes irão acessar seu site, portanto escolha algo simples, fácil de escrever e que tenha tudo a ver com sua marca.

Sugestões de sites: GoDaddy, WordPress e Hostinger.

Passo 2 – Encontre um desenvolvedor de sites

Para que você economize tempo e tenha um site bonito e funcional, contrate um profissional. O seu site é o principal link entre o consumidor e sua empresa, então o quanto melhor ele estiver, mais à vontade seu cliente estará.

Passo 3 – Regularize seu negócio

Obtenha todos os registros legais necessários para abrir um negócio como registro na junta comercial, criação de CNPJ entre outros. Para saber com mais detalhes, visite este link que contém tudo bem explicado.


Passo 4 – Estabeleça seus meios de pagamento

É imprescindível que antes de abrir seu e-commerce para o público você já tenha formas de pagamento em funcionamento no seu site, pois são por elas que todas suas transações financeiras ocorrerão. Quanto mais diversificado suas formas de pagamento, melhor será para o cliente que terá uma flexibilidade de pagar como preferir, seja por boleto, transferência, carteira digital ou o bom e velho cartão de crédito com opções de parcelamento.

Passo 5 – Métodos de envio

Caso seu e-commerce venda produtos físicos, tenha já esquematizado como será feito a logística de envio dos pedidos, procure pelo menos 3 opções de frete para o cliente como: transportadora, correios, motoboy e se possível, retirada.


Passo 6 – Implemente estratégias de SEO

A sigla SEO trata-se do processo de melhorar o seu site de modo que aumente sua exposição nos mecanismos de busca (Google, Bing, Yahoo, etc). Portanto, quanto mais exposição você tiver em uma busca relacionada ao seu ramo, independente do seu modelo de negócio. Assim mais chance você terá de chamar atenção de novos consumidores. Além disso, terá mais oportunidade de expor seu produto/serviço.
Post relacionado: SEO, o que é e porque você precisa dele?

Passo 7 – Invista em um parceiro Antifraude

Você sabia que existe uma tentativa de fraude a cada 16,9 segundos1?  Os pequenos comércios são o principal alvo dos fraudadores, que contam com diversas variedades de golpes que podem causar um prejuízo enorme e por muitas vezes irreversível. Ficou curioso e tem vontade de se proteger desses fraudadores? Conheça a Autentify por meio do nosso ebook gratuito!

Após seguir estas dicas, você estará um passo na frente da concorrência para alcançar o sucesso com o seu e-commerce. Boa sorte e conte conosco!

¹Fonte: Serasa